Como aparecem os sinais?


"Sinais" e "pintas" (nevos) são tão comuns que é raro alguém não ter pelo menos um. No entanto, pouquíssimas pessoas já nascem com os nevos. As lesões vão surgindo na pele ao longo dos anos e o pico de surgimento ocorre na adolescência, diminuindo na idade adulta. Os nevos melanocíticos são tumores benignos que se originam dos melanócitos. Estas são as células da pele que produzem o pigmento responsável pela sua cor, a melanina. Apesar de imperceptíveis, as células que dão origem aos sinais já estão presentes ao nascimento, se multiplicam ao longo dos anos, e acabam por se tornar visíveis. Os fatores que estimulam o seu crescimento parecem estar ligados à genética e à exposição solar. Aspecto dos nevos Nem todos os sinais são parecidos, podendo apresentar diferentes formatos e cores (cor da pele, marrom, preto, avermelhado ou azulado). Podem ser planos ou elevados, redondos, ovalados ou de formato irregular. A distribuição da cor pode ser uniforme ou desigual. Os nevos mais comuns tem as seguintes características: Arredondados De cor marrom uniforme Elevados Simétricos Pequenos Com bordas bem demarcadas Alguns fatores podem aumentar o tamanho e/ou alterar a pigmentação dos sinais, como a puberdade, a gravidez e a exposição ao sol. Sinais "anormais" As células de alguns nevos melanocíticos podem se transformar em um tipo perigoso de câncer de pele, o melanoma. Os nevos com mais tendência a sofrer esta transformação são os nevos displásicos. Por isso é importante saber como realizar o auto-exame da pele para perceber modificações precoces que possam indicar quando um sinal deve ser removido.

#pintas #nevos #câncerdepele

Posts Em Destaque
Posts Recentes